Carrinho de Compras - R$0,00

Nenhum produto no carrinho.

Segurança e Privacidade

 

Sua privacidade é respeitada

Fique tranquilo, todas as informações preenchidas em nossa loja ou enviadas por e-mail ficam armazenadas em um servidor com alto nível de segurança e privacidade. Estas informações jamais serão compartilhadas ou utilizadas sem seu consentimento. Este é o nosso comprometimento com sua privacidade.
 

Posso confiar na Hobby Zone?

Mas é claro! Temos uma reputação impecável, sem reclamações no Reclame Aqui, Portal do Consumidor, Reclamão, Denuncio e no Procon, com uma reputação 100% positiva no Mercado Livre, Toda Oferta e Bom Negócio. Nos orgulhamos por ter os clientes mais satisfeitos. Fique a vontade e pergunte sobre a Hobby Zone em fórums e grupos relacionados ao modelismo. Com certeza irá encontrar alguém que é nosso cliente e poderá atestar nossa reputação.
 

Onde fica a Hobby Zone?

Para cumprirmos nossa missão de proporcionar produtos de qualidade com preços acessíveis e um atendimento diferenciado, precisamos manter uma estrutura enxuta e reduzir nossos custos operacionais. Desta forma, optamos por trabalhar exclusivamente no comércio eletrônico, e não mantemos loja física ou estrutura para recebimento e atendimento de clientes em nosso escritório administrativo. No entanto, frequentamos diversos modelódromos, parques e locais propícios à prática do modelismo, e ficaremos contentes em nos apresentar e recebê-lo em algum destes locais, seja para a demonstração de um produto, concretizarmos uma venda, ou apenas para conversarmos e ajudá-lo a solucionar suas dúvidas, configurar e até arrumar seu modelo.
 

Fique atento à práticas abusivas

A Hobby Zone Modelismo não trabalha com Drop Shipping ou envio de produtos direto de fornecedores para seus clientes.
Algumas empresas anunciam produtos por preços muito inferiores, ou com prazos de entrega suspeitos para produtos a pronta entrega (de 15 ou mais dias). Estas empresas estão, na verdade, exercendo uma atividade conhecida como Drop Shipping. Estas lojas compram um produto no exterior e enviam direto da loja ou fornecedor para você, o cliente final, e apesar dos valores tentadores que a loja oferece, na verdade ela terá um lucro maior, com menos trabalho e responsabilidade, mas para você, cliente final, será muito prejudicial e na maioria dos casos, mais caro. Veja os problemas a que estará sujeito:
Você poderá ser intimado pela Receita Federal a fornecer documentos sobre a transação internacional.
Se forem encontradas divergências entre a documentação, o produto e a transação financeira, a mercadoria será retida e haverá a cobrança de uma multa de 60% sobre o valor do produto somados ao frete e imposto. Além disso será necessário contratar um despachante aduaneiro, que cobrará taxas elevadas para fazer a liberação alfandegária.
Você será responsável pela retirada do produto no centro de importação da transportadora, e do pagamento dos impostos correspondentes a 60% do valor do produto com o frete, além do ICMS referente ao estado em que reside. O pagamento só poderá ser feito em dinheiro.
Transportadoras como UPS, FedEx, DHL, TNT, EMS entre muitas outras, sempre cobram taxas pelos serviços de liberação alfandegária. Os valores partem de R$ 35 e correspondem ao valor do produto. O pagamento destas taxas só pode ser feito em dinheiro trocado pois os entregadores não possuem troco.
Como destinatário você é o responsável legal pela mercadoria. Desta forma, se for danificada, perdida ou extraviada, caberá a você procurar pelo seguro (se tiver sido contratado) e realizar todo o processo de ressarcimento, orçamento de concerto, entre outros processos burocráticos. O ressarcimento pode levar até 1 ano para acontecer.
A garantia e seguro, seja qual forem, serão de responsabilidade do “fornecedor”, situado em outro país, onde não poderá ser acionado pela justiça brasileira em caso de problemas.
Como destinatário você é o responsável pela garantia do produto. Desta forma, está sujeiro às diretrizes de garantia do fornecedor e fabricante localizados no exterior. Como parte deste processo, você terá de preparar toda a documentação de exportação, contratar uma transportadora, arcar com os custos e enviar o produto de volta. Quando o produto novo for enviado, novamente terá de arcar com todos os processos de impotação descritos acima.
Estas lojas na verdade não estão vendendo um produto, elas vendem um serviço denominado "ajudar o cliente a localizar um produto e comprar este produto em seu nome", se abstendo das responsabilidades relativas ao transporte e produto, que acabam recaindo sobre o consumidor final. Por este motivo, muitas leis e direitos que protegem o consumidor de produtos no Brasil, não se aplicam ao Drop Shipping.